windows 10 pro kaufen windows 10 education kaufen windows 10 enterprise kaufen windows 10 home kaufen office 2019 kaufen office 2013 kaufen office 2016 kaufen office 2019 home business kaufen office 365 kaufen microsoft project 2019 kaufen microsoft project 2016 kaufen visio 2019 kaufen visio 2016 kaufen 360 total security kaufen avast kaufen kaspersky kaufen mcafee kaufen autocad lt kaufen coreldraw kaufen windows 8.1 pro kaufen windows 8.1 enterprise kaufen windows 7 ultimate kaufen windows 7 pro kaufen windows 7 home basic kaufen windows 7 enterprise kaufen windows lizenz kaufen cpluskey.com
A+ A-
logo crad

O Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas, CRAD, de portas abertas




Escrito por: Galdino Carvalho da Silva Filho

Publicado em: 30/04/2020



É inegável a importância dos estudos acerca do ecossistema Caatinga. Nesse sentido, o Centro de Referência para a Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) dedica-se desde o ano de sua fundação aos estudos envolvendo esse ecossistema, o Rio São Francisco, e as interações que ocorrem nesses ambientes. Contando com um herbário, e coleções acessórias como carpoteca e xiloteca, além de outros espaços como CRAD dedica-se a transmitir os conhecimentos através de projetos, formar jovens extensionistas e orientar a sociedade mostrando a importância da flora da Caatinga e sua conservação.                                 

Nesse contexto, o Herbário Vale do São Francisco (HVASF), fundado em 2005, possui exemplares de Angiospermas, Gimnospermas, Pteridófitas e Briófitas, além de uma coleção líquida com exemplares de algas e macrófitas aquáticas. Centrando-se na missão de servir de base científica para vários estudos, e atuando como um local de referência na região, o herbário recebe visitas de estudantes de escolas públicas e privadas da região, universidades e de demais integrantes da sociedade a fim de promover educação ambiental,   conforme retrata o artigo “A Importância do Herbário Vale do São Francisco para a Educação Ambiental no Semiárido Pernambucano”, publicado na última edição (v. 7, n. 2, p. 189-202, 2019) da Extramuros, Revista de Extensão da UNIVASF.                

O Projeto CRAD de portas abertas (PIBEX/UNIVASF), que tem como público alvo os estudantes das escolas públicas e particulares de Petrolina – PE e cidades circunvizinhas, objetiva trazer os estudantes para conhecerem a instituição, elaborando atividades interativas e promovendo educação ambiental e sensibilização dos visitantes. Adaptadas ao público, as visitas guiadas por estagiários, como o atual bolsista do projeto Galdino Carvalho da Silva Filho, sob orientação dos Professores Dra. Maria Jaciane de Almeida Campelo e Dr. José Alves de Siqueira Filho, apresentam o CRAD, o funcionamento e objetivo de cada coleção, as principais famílias, gêneros e espécies das coleções, os métodos de coleta, identificação, a importância das coleções científicas e o seu papel na conservação da diversidade biológica.

Ademais, o Projeto Jardim Sensorial na Univasf: O sentir e o perceber (BIA/FACEPE 2019-2020), também é desenvolvido no CRAD com objetivo central de possibilitar ao público o reconhecimento das sensações apresentadas durante as visitações e construir conhecimentos multidisciplinares de forma dinâmica. Sob orientação da Professora Dra. Maria Jaciane de Almeida Campelo, a aluna bolsista Júlia da Silva Souza e os demais alunos voluntários atuam na realização de atividades que trabalham as percepções sensoriais dos visitantes (tato, olfato, visão, audição e paladar). O projeto, que não se limitou aos muros do CRAD, esteve presente também na Escola de Referência em Ensino Médio Clementino Coelho, (EREMCC), Petrolina-PE, na ocasião da Feira do Conhecimento havendo a integração de todo público.                                 

            Considerando tais informações e projetos descritos acima, nota-se a atuação do Centro de Referência para a Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) na comunidade externa e a abrangência de suas atividades extensionistas, possibilitando a troca de saberes diversos, baseando-se numa transmissão dinâmica de conhecimentos com a finalidade de sensibilizar o público para a conservação da fauna e flora da Caatinga, bem como,  do Rio São Francisco.

 

 



30/04/2020

Herbário HVASF

O Herbário Vale do São Francisco (HVASF) foi criado em novembro de 2005 para servir de apoio às atividades de ensino e pesquisa da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). Tem como objetivo torna-se um dos herbários de referência na caatinga


Herbário HVASF

Guia de Campo

Didático e com linguagem acessível a estudantes, professores ou mesmo àqueles que gostam de ecoturismo, o o Guia de campo de árvores da caatinga traz fotos e informações curiosas sobre a vegetação desse bioma, cujas belezas e extensão são conhecidas por poucos.


Guia de campo

Registro de Frequência

O registro de frequência foi desenvolvido para auxiliar o acompanhamento de atividades realizadas por alunos no Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas, registrando com exatidão a permanência durante o estágio para confecção do certificado.


Sistema de Registro de Frequência